Convencidos ou convertidos?

Estamos passando por um período de grande crescimento das igrejas evangélicas, e dentre aos que tem chegado, encontram-se aqueles que por serem “simpatizantes” do evangelho, se candidatam a serem evangélicos e acreditam já estar selecionado ao grupo dos salvos.

A questão é que existe uma diferença muito grande entre um convertido e um convencido. Jesus era acompanhado de uma grande multidão de seguidores, estes simpatizantes pelos feitos de cristo eram fãs do mestre, mas os convertidos se contavam nos dedos. Certa vez Jesus pregava um duro sermão e os convencidos escandalizaram-se e foram saindo um após o outro até que Jesus disse aos pouquíssimos que restaram: vocês também não desejam se retirar? (Jo 6.60-67)

O maior problema, é que não existem apenas membros convencidos, a bíblia também fala de um grupo de líderes convencidos da salvação, mas não a terão. Dentre eles: pastores, evangelistas, diáconos e outros.

Alguns líderes também precisam se converter nesta geração. (Mt 7.21-23)

Veja as características do convertido e do convencido:

1º O convencido vai a igreja, louva a Deus com os lábios, mas seu coração esta distante de Deus. (Mc.7,6) O convertido até com seu testemunho presta louvor ao Senhor.


O convencido tem comichão nos ouvidos, e procura doutores que preguem e aceitem suas próprias concupiscências (2 Tim 4:3), o convertido aceita a exortação e muda suas atitudes. (Fp 3:14)

O convencido vive de emocionalismo acreditando estar vivendo o avivamento. O convertido vive em constante transformação de caráter, porque sabe que “o verdadeiro avivamento é aquele que gera mudanças de atitudes”. Lembre-se que o tambor apesar de todo o barulho que faz, esta somente cheio de ar.

4º Os convertidos creem que a igreja é um hospital para os pecadores e parte em busca das almas, os convencidos creem que a igreja é uma galeria de santos e só pensa na própria salvação.(Mt 7:19)

O convertido olha para Jesus, mas o convencido vive a olhar para o homem o tempo todo, julga os outros e esquece de julgar a si mesmo. (Mt 7.5)

O convertido vive em vigilância até o final da vida, já o convencido pensa que por ser crente há muito tempo o torna um salvo. Pedro apesar de ter acompanhado tantos milagres, teve o próprio Jesus o retratando de convencido (Lc 22: 32). O convencido Pedro traiu a Jesus três vezes e teve que se converter.

Jeremias orou: “Converte-nos a ti, Senhor, e seremos convertidos” (Lm 5: 21). Vivamos em constante aperfeiçoamento de caráter, Aquele que diz que está nele, também deve andar como ele andou. (1 Jo 2:6)

Escrito por:  Ev. Cleuvis Casagrande e Jorgeana Câmara Casagrande  Site: www.evcleuvis.com.br  - Tels.: (44) 3023-6979  | 9932-4343 (Tim) | 9157-0399 (Vivo)

Obs: Você pode usar este artigo em quais meios desejar, desde que citadas as fontes completas.

Contato

Entre em contato e responderemos o mais breve possível.

Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

  • Fixo: 44 3023-6979
  • Celular: 44 9932-4343

Encontre-nos no facebook

Nos adicione, participe, curta e compartilhe.
 
 
Você está aqui: Home Estudos e Artigos Convencidos ou convertidos?